Sensações que causam dependência

Você já parou para observar a quantidade de emoções que nós vivenciamos ao ver um filme ou um programa de TV? Ao assistirmos a um filme, por exemplo, vivenciamos sensações e emoções transmitidas pela trama. Sentimos arrepio, o coração bate forte, suspiramos em uma cena romântica e levamos um baita susto quando algo repentino acontece em um suspense, não é mesmo? Nós sabemos que o que estamos assistindo não está, de fato, acontecendo, mas por que será que, ainda assim, reagimos física e emocionalmente a esses estímulos? Você já parou para pensar nisso? E já imaginou o que essas emoções podem estar criando em seu corpo? Então eu os convido, nesse momento, a refletir um pouco sobre isso. Vamos lá?… Leia mais Sensações que causam dependência

Meditar ajuda a se conectar com si mesmo

Vocês já repararam que somente quando estamos doentes ou com ausência de saúde é que prestamos atenção ao nosso corpo? Em nosso dia a dia, perdemos a capacidade de manter contato com nosso organismo agindo de forma puramente mecânica. Comemos sem saber o que estamos ingerindo. Não nos exercitamos e, quando o fazemos, os movimentos saem de forma automática. Trabalhamos sem nenhum contato com o que estamos fazendo naquele momento. Estar em contato conosco requer um esforço de sensibilidade enorme. Por exemplo: só percebemos o nosso corpo quando algo nele não está bem. Por exemplo, se tivermos uma dor de cabeça, não nos conectamos com a cabeça e sim com a dor!
Leia mais Meditar ajuda a se conectar com si mesmo

Reflexão: o que você faria se pudesse viver novamente?

Na vida, temos de parar um momento e pensar no que estamos fazendo, isso é realmente necessário? Estou fazendo um bem para mim mesmo? E nunca nos esquecermos de que viemos ao mundo para sermos felizes. Abaixo dedicamos a você, nosso leitor, uma reflexão do ilustríssimo Jorge Luis Borges, para te ajudar na sua jornada de autoconhecimento.
Leia também:
– Viva melhor OU Viva bem?
– Alcançando Bem-estar e Qualidade de Vida… Leia mais Reflexão: o que você faria se pudesse viver novamente?