Pilates promove força, flexibilidade e estabilidade em pessoas com osteoporose

O Método Pilates tem como foco a atividade funcional de cada musculatura e articulação bem como estimular a reeducação neuromuscular a fim de manter a saúde coluna vertebral e estimular a flexibilidade muscular levando ao equilíbrio e estabilidade de todo o corpo. O método também auxilia na prevenção de cifose mantendo a estabilidade do músculo tensor.

Os exercícios do Pilates atendem às demandas por estabilidade e dinâmica requeridas com o avançar da idade. Por isso, a prática regular de Pilates evita quedas e fraturas. Por meio de conexão entre mente e corpo para a realização harmônica cada movimento, o Pilates estimula a participação ativa do aluno para a correta execução dos exercícios. Estes são realizados com movimentos de tensão e relaxamento com posturas que protegem a coluna, por isso o Método Pilates é recomendado para pessoas que sofrem de problemas e dores na coluna, reumáticos, doenças que levam a danos mecânicos e de postura, bem como que causam diminuição da flexibilidade, propriocepção, força muscular, funcionalidade e outros aspectos que afetam a qualidade de vida.

A osteoporose é uma doença caracterizada pela diminuição da massa óssea e deterioração da microarquitetura do tecido ósseo, levando à fragilidade e ao risco de fraturas. As pessoas com osteoporose têm a estabilidade dinâmica diminuída. Há uma forte correlação entre quedas e a falta de equilíbrio postural, porque a instabilidade postural e os “movimentos de balanço” desequilibram todo o corpo.

Algumas das complicações da osteoporose incluem fraturas, dor e respiração descoordenada tendo como resultado redução de funcionalidade, instabilidade, depressão, insatisfação e ansiedade. O estresse causado pelo quadro patológico estimula o sistema nervoso simpático, que causa maior redução na densidade óssea acelerando o progresso da doença.

A dor crônica do sistema músculo-esquelético resulta em negação e medo do movimento (“cinesiofobia”), incapacidade da função física, instabilidade, insatisfação e perda da qualidade de vida. Por isso, nos casos de osteoporose o método Pilates é uma ferramenta capaz de auxiliar o aluno a ter equilíbrio, força muscular, ganhar massa óssea, sentir-se independente mesmo com restrições, melhora a capacidade física de forma completa, aumentando assim, a qualidade de vida.

Nos casos de cinesiofobia, o Pilates gera um efeito positivo na vida diária do aluno, pois este passa a ter mais segurança em cada movimento realizado.

O Método Pilates é um uma modalidade de exercícios biopsicosocial, dessa forma gera efeitos positivos na redução da ansiedade e depressão de pacientes que sofrem de dores crônicas e osteoporose tornando-se uma modalidade de exercício eficiente para esse público.

Venha nos visitar no Espaço Kaizen. Aqui tem aulas de Pilates para pessoas de todas as idades. As aulas são planejadas de acordo com os objetivos do aluno levando em consideração o nível de desempenho de cada um. As turmas são formadas com, no máximo, três alunos, que realizam os mesmo exercícios ao mesmo tempo, o que contribui para melhor eficiência da aula e aproveitamento por parte dos alunos. Agente sua aula experimental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.