Pilates no controle e prevenção da Hipertensão

A Hipertensão Arterial Sistêmica (pressão arterial alta) é uma condição crônica sendo um dos maiores fatores de risco para doenças cardiovasculares e um dos mais importantes problemas de saúde pública, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). É considerada uma condição que “mata em silêncio” já que o paciente pode apresentar-se assintomático por muitos anos até que os níveis se tornem tão altos que já causam danos sérios a diversos órgãos.

A SBC recomenda que a prevenção e o controle a hipertensão sejam realizados com terapias não-farmacológicas para casos leves a moderados. As mudanças no estilo de vida incluem aumentar o nível de atividade física com exercícios aeróbicos e de isometria, além de não fumar, evitar alimentos ricos em sal e gorduras, além de bebidas alcoólicas.

Estudos apontam o Pilates como um método eficiente na reabilitação de problemas cardiovasculares. Com uma série de exercícios de resistência aliados à rotina aeróbica, o método Pilates promove o controle da pressão arterial.

O Método Pilates é caracterizado por séries de exercícios não extenuantes e com poucas repetições que se adaptam a cada tipo e nível de aluno. Tanto os exercícios com equipamentos como mat, promovem flexibilidade, força, coordenação, melhora na circulação sanguínea, equilíbrio e corrige a postura.

Trata-se de um método de treino de resistência com baixo impacto baseado em exercícios isométricos com foco nos músculos abdominais (centro de força) o que estabiliza as articulações enquanto promove força muscular.

Um dos pilares do método é a respiração. Cada exercício deve ser realizado em sincronia com uma respiração profunda e ritmada concentrando a mente no centro de força e em cada movimento realizado. A respiração constante gera controle na pressão intra-abdominal, o que pode explicar a variação na pressão sanguínea durante a prática. Isso se deve ao fato de que o ciclo respiratório tem um papel importante nas respostas hemodinâmicas da pressão arterial no treinamento físico de pessoas hipertensas. Dessa forma, torna-se crucial a realização da respiração de forma correta em cada exercício a fim de evitar bloqueios de ventilação que podem levar ao desequilíbrio da pressão arterial.

Em um estudo recente, realizado com mulheres hipertensas, mostrou melhora significativa no controle da pressão tanto sistólica como diastólica demonstrando que o método Pilates aponta como uma ferramenta não farmacológica importante para o controle da pressão arterial em pacientes hipertensos.

Embora existam preocupações iniciais sobre excesso de esforço físico, principalmente pacientes sedentários, os benefícios do Pilates superam os riscos quando as aulas são realizadas por professores habilitados e um ambiente seguro.

Venha nos visitar no Espaço Kaizen. Aqui tem aulas de Pilates para pessoas de todas as idades. As aulas são planejadas de acordo com os objetivos do aluno levando em consideração o nível de desempenho de cada um. As turmas são formadas com, no máximo, três alunos, que realizam os mesmo exercícios ao mesmo tempo, o que contribui para melhor eficiência da aula e aproveitamento por parte dos alunos. Agente sua aula experimental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.