Pilates aprimora o rendimento de ciclistas

ciclista com roupa laranja em moutain bike em estrada de terra com mato ao fundo
Rubén Ruzafa. XTERRA 2016 – © Jesse Peters

O método Pilates é um sistema de treinamento físico com exercícios que desafiam os músculos e o equilíbrio com o objetivo de tonificar a musculatura, melhorar a postura e aumentar a flexibilidade e o equilíbrio. Segundo Joseph Pilates, criador do método, “o equilíbrio entre o corpo e a mente é a base para se obter uma forma física e mental perfeita”. A coordenação entre todos os esses aspectos permite o indivíduo obter máximo rendimento com mínimo de gasto energético físico e mental.

O método permite o desenvolvimento do condicionamento físico baseando-se no fortalecimento do “centro de força”, região abdominal, que nos mantém em equilíbrio, o que leva à execução dos diversos movimentos diários de forma mais eficiente.

Um estudo publicado no Journal Sport and Health Research, da Fundação Dialnet, Universidade de La Rioja, na Espanha, avaliou os efeitos do Pilates no desempenho atlético do ciclista profissional Rubén Ruzafa, triatleta campeão mundial XTERRA (2008, 2013 e 2014) e ITU (2014), campeão espanhol XCO (2005, 2006 e 2008), XCM (2006), XTERRA (2013, 2014 e 2015), entre outros campeonatos de triatlon pelo mundo. O estudo intitulado “Os efeitos do método Pilates sobre as capacidades de força, flexibilidade, agilidade e equilíbrio em ciclismo profissional de Mountain Bike”, realizou um treinamento de 4 semanas com sessões de Pilates 3 vezes por semana.

Segundo os autores, a prática do método promove melhor rendimento para atletas de diversas áreas já que o maior controle sobre os movimentos, aumenta o consumo de oxigênio pela respiração aplicada e permite desenvolver melhor coordenação ao trabalhar com a concentração na realização dos exercícios.

Os pesquisadores mediram a força máxima de agachamento, supino, quadríceps e femorais. Foram avaliados os aspectos: força explosiva com distensão horizontal, força e resistência com abdominais até a fadiga, a coordenação na prova de slalom, a flexibilidade com “sit and reach” e o equilíbrio.

Os resultados foram satisfatórios tendo melhora principalmente nos exercícios de agachamento, devido ao controle exigido na execução dos exercícios; força máxima, por causa da exigência do próprio treino trabalhando o corpo todo de forma uniforme; abdominais, devido à concentração dos exercícios no fortalecimento do “centro de força” e equilíbrio estático, por manter a projeção do centro de gravidade na base de sustentação.

Dessa forma, os autores concluíram que o método Pilates melhora a força de maneira geral e cada um dos aspectos avaliados. Além disso, o treinamento melhora a flexibilidade e agilidade, bem como o equilíbrio.

Venha nos visitar no Espaço Kaizen. Nossos professores estão aptos a receber e ajudar atletas profissionais ou amadores. Aqui tem aulas de Pilates para pessoas de todas as idades. As aulas são planejadas de acordo com os objetivos do aluno levando em consideração o nível de desempenho de cada um. As turmas são formadas com, no máximo, três alunos, que realizam os mesmo exercícios ao mesmo tempo, o que contribui para melhor eficiência da aula e aproveitamento por parte dos alunos. Agente sua aula experimental.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.