Meditação diária, sim é possível, saiba como

Mulher meditando - meditação previne e compbate a hipertensão
Foto: Corbis

Você não precisa saber meditar para praticar Hatha Yoga e também não precisa ser praticante de Hatha para saber meditar, pois as duas atividades se complementam, sem serem dependentes uma da outra.

O Yoga acredita que cada ser vivo está interconectado e a meditação nada mais é que a experiência dessa união, que é capaz de ocorrer apenas quando a mente está em silêncio. Esse estado mental é criado quando ocorre equilíbrio entre mente, corpo e emoções, relaxando o sistema nervoso.

No contexto do Yoga, a meditação (dhyana) é definido como um estado puro de consciência. É o sétimo estágio do caminho yogi e segue a dharana, a arte da concentração.

5 provas de que qualquer pessoa pode praticar a meditação

Você pode utilizar alguns caminhos para meditar, escolha o que você se sentir mais confortável:

Uso do som

O mantra é utilizado no Yoga como ponto de foco. Tradicionalmente, você pode receber um mantra apenas de um professor, que conhece suas necessidades particulares. O ato da repetição de um mantra se chama japa, que significa “recitação”. Já o cântico é uma extensão do mantra, é uma maneira poderosa de entrar em meditação. É mais longo que o mantra e envolve ritmo e tonalidade. Os mestres ancestrais acreditavam que toda a criação é uma manifestação do som primordial “Om”, o som do universo, sendo a semente de todos os outros sons, produzindo efeitos espirituais e físicos profundos.

A maioria dos iniciantes encontram no mantra uma maneira fácil de começar a meditar. Por outro lado, os cânticos podem intimidar no início, portanto, você pode lançar mão de áudios de CDs ou Mp3 para te guiar.

Uso de imagens

Visualizar algo também é um caminho para meditar, sendo muito simples para iniciantes. Você pode visualizar uma flor, o oceano, uma vela, bem como os chakras. Neste caso, seu foco deve ser a área do seu corpo que corresponde a um chakra particular, imaginando a cor associada com ele.

Olhar fixo

Trata-se de uma variação de meditação por visualização. Nesse caso, seu foco será um objeto enquanto mantém os olhos abertos. Você pode usar qualquer objeto, como um vaso de flores, uma vela ou uma estátua. Com os olhos totalmente abertos ou semicerrados você cria um olhar difuso. Muitas posturas da Hatha Yoga utiliza o olhar fixo como ponto de foco.

Uso da respiração

Uma maneira fácil de meditar é utilizando a respiração como ponto de foco. Você pode começar contando sua respiração enquanto realizar o Pranayama ou você pode apenas se concentrar na sua respiração sem contar. Você deve observar as nuances da respiração e as sensações que elas produzem, tais como, movimentos do abdômen, temperatura, etc. Enquanto você realiza a meditação, não julgue ou lute contra essas sensações, apenas observe. O que você vai descobrir é que não são ruins nem boas, você apenas se permite estar com sua respiração a cada momento.

Uso de sensações físicas

Como caminho para a meditação, você pode utilizar as sensações físicas realizando uma observação profunda de uma sensação particular que chama sua atenção, como, por exemplo, o quão frias estão suas mãos. Se você já pratica Hatha Yoga, durante uma postura, pode se concentrar na força da sua coluna ou na flexibilidade do seu corpo, por exemplo. Observar uma emoção ou uma área de desconforto também são possíveis pontos de foco.

Quando e onde meditar

Para estabelecer uma consistência, medite sempre no mesmo horário e local todos os dias. Escolha um local silencioso, onde você não será incomodado. Geralmente, pela manhã é mais recomendável porque você estará menos distraído pelas demandas do dia. A maioria das pessoas relata que, ao começar o dia meditando, sentem-se mais dispostas o dia todo, porém se acordar cedo for difícil para você, nada impede de meditar durante a tarde ou à noite.

No começo, você pode investir de 5 a 10 minutos meditando, com o tempo, quando estiver se sentindo mais seguro, passe a meditar por 15 a 20 minutos. Lembre-se de escolher uma posição confortável, seja sentado com as palmas da mão viradas para cima sobre os joelhos ou deitado em uma posição confortável.

No começo, você pode se sentir desconfortável durante a meditação, pois, permanecer na mesma posição por 20 minutos pode formigar suas pernas, você pode se sentir irritado ou pode até cair no sono. Concentre-se nas sensações dos primeiros minutos da meditação antes de se sentir frustrado e tente expandi-las a cada dia, relaxe. A meditação não deve causar desconforto ou estresse, portanto se isso estiver acontecendo, faça mudanças de posição ou reduza o tempo de meditação. Se mesmo assim se sentir desconfortável, não hesite em procurar aulas de meditação e Yoga que vão te guiar pelo universo da meditação.

No Espaço Kaizen você encontra aula de Hatha Yoga que utiliza a meditação como um dos pilares para o bem-estar. Venha nos fazer uma visita ou agende uma aula experimental gratuita.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s