Quiropraxia para corredores

Entenda como esta técnica pode ajudá-lo a tratar e prevenir lesões, além de melhorar seu rendimento no esporte

 

quiropraxia para corredores
Foto: Corbis

Não tem jeito, a dor vai sempre acompanhar a rotina do corredor que treina firme em busca de seus objetivos. Mas isso não quer dizer que você deva ignorá-la e deixar que evolua para lesões mais graves. Se está cansado de apelar para relaxantes musculares ou anti-inflamatórios, talvez esteja na hora de atacar a raiz dos problemas – o que é justamente a proposta da quiropraxia!

Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como medicina complementar, a quiropraxia lida com o diagnóstico, o tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético. No caso da vertente esportiva, o foco são as alterações que possam influenciar o rendimento do atleta.

Leia também:
Quiropraxia: ‘terapia’ com as mãos alivia dores e melhora as articulações
Quiropraxia: Robert Scheidt diz que a técnica contribui para sua performance

Quer saber mais sobre essa alternativa e entender como ela pode ajudá-lo? Confira a seguir uma série de perguntas e respostas com o quiropraxista Dr. Guilherme Petri Leoni,, especialista em Quiropraxia Esportiva, Pediátrica e Clínica.

Quais as vantagens da quiropraxia em relação a outras terapias?
Dr. Guilherme Petri Leoni: A quiropraxia trata diretamente a causa da dor, não os sintomas. Por isso, os resultados são rápidos – sentidos logo na primeira consulta. Ela age diretamente na biomecânica do corpo, melhorando a comunicação do sistema nervoso central.

Resumindo e simplificando: quando uma vértebra sai de seu alinhamento correto, o que chamamos de subluxação, altera o funcionamento de todas as estruturas ao redor. O disco intervertebral é comprimido, o espaço por onde passam as raízes nervosas diminui e, com isso, a transmissão dos impulsos nervosos é reduzida, interferindo no funcionamento do corpo como um todo. O papel da quiropraxia é justamente corrigir essas subluxações – para tanto, são feitos ajustes articulares, que melhoram a biomecânica do corpo, recuperam o espaço entre as vertebras e liberam a transmissão dos impulsos nervosos.

Outra vantagem do tratamento é o fato de ser conservador, ou seja, não utilizar medicamentos ou procedimentos cirúrgicos.

Como a quiropraxia pode ajudar os corredores?
Dr. Guilherme Petri Leoni: Prevenindo e tratando as lesões decorrentes da prática, como entorses, distensões, problemas no joelho e na coluna lombar. Também pode ajudar a melhorar a biomecânica da corrida e, assim, aumentar o rendimento. Tudo isso é possível através dos ajustes articulares e da correção da pisada, além de orientações para ganho de resistência, estabilidade muscular e articular.

O quiropraxista pode ainda utilizar técnicas auxiliares como Active Release Technique e Kinesio Taping para acelerar a melhora do desempenho. O ideal é que ele sempre haja em conjunto com o técnico ou assessoria do esportista, para que suas orientações sejam colocadas em prática durante os treinos.

Quais problemas os corredores costumam levar para a clínica?
Dr. Guilherme Petri Leoni: Corredores amadores, principalmente de longa distância, aparecem na clínica com dores e lesões decorrentes do treinamento incorreto e da falta de preparo físico. Os problemas mais comus são distensões musculares, tendinites, entorses do tornozelo, condromalácia patelar e protusões discais lombares.

Os atletas de alto rendimento apresentam desgastes ainda maiores por levarem seus corpos a limites extremos – se não tratados, podem ter suas carreiras encurtadas.

Como é feito o diagnóstico? E o tratamento?
Dr. Guilherme Petri Leoni: Na primeira consulta, fazemos uma avaliação completa. Analisamos a postura, a funcionalidade dos músculos e procuramos pontos de tensão ou contraturas para identificarmos se há perda de força, tendinites, comprometimentos neurológicos, entre outras desordens. Também testamos os reflexos e fazemos a palpação articular, na qual avaliamos cada articulação para descobrir sua posição (correta ou não), se ela tem movimento normal ou restrito, se os espaços articulares estão normais ou se há desgaste.

Obtendo dados suficientes, fechamos o diagnóstico e partimos para o tratamento do paciente com a técnica mais apropriada – ajuste articular ou técnicas auxiliares. Os ajustes articulares liberam as articulações, o sistema nervoso central e toda a musculatura. Junto a isso, utilizamos exercícios específicos para ganho de resistência, força muscular e estabilidade articular em áreas específicas.

Sempre indicamos que os atletas amadores, após o tratamento, realizem uma consulta de manutenção preventiva uma vez por mês ou, no caso dos atletas profissionais, a cada 15 dias.

Venha fazer quiropraxia no Espaço Kaizen, entre em contato:

Por: Mariana Gianjoppe

Fonte: Sua Corrida

Anúncios

Um comentário em “Quiropraxia para corredores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.