Quiropraxia para qual idade?

Por Aline Souza*

Foto: Jutta Klee/ableimages/Corbis

Essa é uma pergunta frequente que vem de todos os lados, principalmente daqueles que se aproximam da Quiropraxia pela primeira vez. Quem pode e quem não pode fazer? Criança pode? Grávidas podem? Idosos podem? E a resposta é sim! Sim para todos! Todos podem.

Mas como se “as crianças são tão molinhas” e se “os idosos são frágeis” e “as grávidas com aquele barrigão”?
Então vamos começar pelo começo. A Quiropraxia trata disfunções na coluna, as subluxações, com o intuito de permitir uma boa comunicação/controle do cérebro (sistema nervoso central) com o restante do corpo, ou seja, permitir que o cérebro tenha um bom controle de todas as funções: desde o funcionamento hormonal, controle muscular, funções viscerais e etc. Permitindo, assim, que o corpo funcione bem e esteja em equilíbrio.

Leia também:
Como aliviar dores de cabeça e enxaqueca sem o uso medicamentos
Quiropraxia e Disfunção Temporo Mandibular (ATM)

As subluxações aparecem por diversos fatores, desde questões posturais, quedas e traumas, má qualidade de vida, etc e estamos sujeitos a isso desde o nascimento.

Então, podemos concluir que para que a pessoa tenha subluxações basta que ela tenha uma coluna! A criança, o idoso e a grávida têm. Então todos eles estão sujeitos as subluxações e removê-las com certeza irá potencializar sua saúde, independente de apresentarem ou não alguma condição específica.

A diferença (sim, existe uma diferença) é que, dentro da gama de técnicas existentes na Quiropraxia, dirigimos um tipo específico de técnica para cada fase, para cada quadro, para cada tamanho de paciente. O quiropraxista sabe que o impulso e a força realizados na coluna de uma criança ou de um idoso não são, e não podem ser, os mesmos aplicados na coluna de um adulto saudável, então são utilizados toques mais sutis e/ou técnicas que não usem impulsos ou ainda o uso de instrumentos específicos da Quiropraxia.

Mas então não existem contra-indicações à Quiropraxia?

Existem sim contra-indicações absolutas. E também contra-indicações relativas ou específicas (como não ser indicado o ajuste manual, determinada forma de ajustar ou ainda uma área mais sensível em que o ajuste não deve ser feito para aquele caso daquela pessoa). Por isso é importante sempre procurar um profissional devidamente qualificado para que, durante a avaliação e anamnese inicial, possa identificar a presença de contra-indicações.

Então não espere para iniciar seu tratamento, procure um quiropraxista para que ele possa informar qual a melhor forma de tratamento para você. A sua saúde e da sua família pode ser potencializada a partir de hoje!

*Aline Souza é graduada em Quiropraxia e Terapia Manual Mioarticular pela Universidade Anhembi Morumbi. É especialista em técnicas de Quiropraxia como SOT (Sacro Occipital Thecnique),Thompson e complementares como ART (Active Release Technique). Participa frequentemente de cursos, atualizações e de congressos de Quiropraxia, sendo que este último foi o  Congresso Mundial de Quiropraxia que ocorreu no Rio de Janeiro em 2011. É filiada à Associação Brasileira de Quiropraxia (ABQ).

A terapeuta Aline atende no Espaço Kaizen, agende um horário através do telefone (11) 5523-0640 ou venha nos fazer uma visita em nossa sede na Rua Conde de Itu, 964.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s