Diga adeus à celulite com drenagem linfática

Não há quem não se incomode com aqueles buraquinhos que aparecem quando apertamos as nádegas ou as pernas, principalmente, já que 95% das mulheres apresentam em alguma parte do corpo. Eles são, na verdade, formados por gordura localizada sob a pele, mais conhecidos como celulite, palavra que dá arrepios só em ouvir!

A celulite não tem cura, mas pode melhorar, e muito. A adoção de hábitos alimentares mais saudáveis, prática de exercícios físicos regulares bem como a ingestão de água frequente, ajudam a evitar que novos focos apareçam.

Certo, já sabemos como evitar. Mas e agora, como acabar com aquela celulite que já se instalou no corpo? Veja as dicas a seguir:

O que é drenagem linfática?

A drenagem linfática possui diversas aplicações no campo da beleza. É um método terapêutico de massagem altamente especializado, feito com pressões suaves, lentas, intermitentes e relaxantes, que seguem o trajeto do sistema linfático. Tem por objetivo aprimorar algumas de suas funções, trazendo vários benefícios, como redução de edemas linfáticos, inchaços pós-operatórios, lipedemas, celulite, retenção hídrica, acne, entre outros problemas.

Ao mesmo tempo proporciona a regeneração e a defesa dos tecidos, aumentando a diurese e a eliminação de toxinas, desenvolvendo o equilíbrio do organismo. Melhora as funções essenciais do sistema circulatório linfático mediante manobras precisas que acompanham os trajetos linfáticos, não sendo necessária a compressão dos músculos.

A principal finalidade é mobilizar a corrente de líquidos que está dentro dos vasos linfáticos. Essa pressão leve e intermitente deve ser realizada de forma rítmica e seguir sempre o sentido fisiológico da drenagem da linfa.

Como acontece a circulação em nosso corpo?

O sistema circulatório é um circuito fechado formado por artérias, veias, vasos linfáticos e coração. Nesse sistema o coração funciona como uma “bomba” e a cada sístole ventricular (contração do coração) impulsiona o sangue para a aorta, que então propaga o sangue para o resto do corpo.

O retorno desse sangue para o coração é feito pelas veias (sistema venoso) com a ajuda do sistema linfático, que transporta a linfa, que, por sua vez, tem o papel de reabsorver líquidos e proteínas, completando assim todo o ciclo. Existe, portanto, o sistema de irrigação, que é o arterial, e os dois sistemas de drenagem, que são o venoso e o linfático.

 Como se manifesta uma circulação linfática deficiente?

Quando o sistema circulatório não cumpre corretamente sua função, o corpo fica sobrecarregado por um excesso de líquidos, que não consegue absorver. Na maioria dos casos, esse fenômeno se traduz por sintomas como celulite ou retenção de líquidos, peso nas pernas ou aparecimento de edema (inchaço), mais conhecido como linfedema.

Que tipos de problema a drenagem linfática pode melhorar?

Pode melhorar alguns tipos de edema e auxilia como coadjuvante no tratamento da celulite, já que melhora a drenagem da linfa e do sistema circulatório em geral. É também indicada nas pós-cirurgias estéticas, como lipoaspiração, lipoescultura, abdominoplastia acelerando a recuperação, evitando a fibrose e amenizando o edema pós-cirúrgico.

Patricia Gasparetto Ohara – CRT: 43160 –  Terapeuta Corporal e Facial

Blog: http://promovaoseubemestar.blogspot.com  

2 comentários em “Diga adeus à celulite com drenagem linfática

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.